Como melhorar a CTR em 7 etapas fáceis

Fernanda Negrini
Fernanda Negrini
|

Como melhorar a CTR em 7 etapas fáceis

Até mesmo quem nunca se aventurou no oceano do marketing de performance já ouviu falar de CTR. CTR, que significa “Click-Through Rate” em inglês (taxa de cliques), é o cálculo do número de pessoas que clicaram em um anúncio (cliques) dividido pelo número de vezes em que o anúncio foi exibido (impressões).

Então, o que é CTR?

Cliques no anúncio ÷ Impressões do anúncio = Taxa de cliques

Você vai esbarrar muito no CTR, pois é uma das métricas clássicas do marketing de performance. Mas o CTR é muito mais do que apenas uma métrica. Na verdade, como os anunciantes normalmente pagam os publishers por cada clique no anúncio, o CTR afeta os resultados de ambos os lados da relação publicitária.

Portanto, tendo em conta a importância do CTR em suas atividades diárias que envolvem PPC, resumimos 7 coisas que você realmente deve saber sobre seu CTR. Só por entender estes aspectos, você vai avançar muito a sua compreensão do funcionamento do CTR e o que você pode fazer para torná-lo melhor do que é hoje.

O CTR é uma métrica fundamental

De modo geral, foi demonstrado que um alto CTR tem correlação com taxas de conversão mais elevadas. Isso provavelmente está ligado ao fato de que, se as pessoas estão clicando no seu anúncio, é porque há algo de interessante nele. Por sua vez, elas são mais propensas a ficar empolgadas com a sua oferta e seguir adiante com o seu call-to-action. Além disso, se mais pessoas estão clicando, então a taxa de engajamento é mais elevada, o Índice de Qualidade aumenta, o custo por clique é menor, e a parcela de impressões aumenta também. Um bom CTR tem um efeito cascata, criando toda uma cadeia de resultados positivos.

Mas, em conjunto com seus outros KPIs, é ainda mais  poderoso.

Lembre-se: o CTR é uma medida de quantas pessoas clicaram no seu anúncio. Ele não reflete a taxa de conversão na sua página de destino, como o número de pessoas que preencheram um formulário ou contataram o seu representante de vendas. Analisado por si só, o CTR pode lhe dizer o quanto o seu anúncio é atraente pela quantidade de cliques que ele gera – mas se você estiver visando conversões, não apenas espectadores, então o CTR por si só não trará tantas informações.

Por exemplo, se um anúncio tiver um CTR muito alto, mas uma taxa de conversão baixa, provavelmente é sinal de que você está alcançando um público muito amplo, ou talvez a mensagem do anúncio não esteja coerente com a página de destino. Use seu CTR juntamente com outras métricas para ter uma ideia completa.

O que é um “bom” CTR? Depende…

O que é considerado um bom CTR varia muito e também depende da plataforma. Para a busca paga do AdWords, um CTR de 2% está na média, e qualquer valor acima desse número é considerado bom.

No entanto, para anúncios no Facebook, o CTR médio é de 0,9%. Outra variável é o tipo de setor para o qual você está veiculando os anúncios. Esta página tem alguns gráficos interessantes que mostram o CTR médio para várias categorias. As três áreas com com maior CTR?

Namoro e Relacionamentos, Finanças e Seguros, e B2B.

Além de ficar a par da média do seu setor, não se esqueça de que o seu maior concorrente é você mesmo. Tente quebrar seu próprio recorde e concentre-se em conseguir na sua próxima campanha um CTR mais alto do que conseguiu na anterior.

O CTR afeta sua SEO

Sua posição nos mecanismos de busca é, em parte, baseada na popularidade do seu site, a qual é medida por visualizações de página. Quanto mais cliques receber a sua página – ou, em outras palavras, quanto maior seu CTR – mais valiosa ela será considerada pelo mecanismo de busca.

Portanto, sua página naturalmente terá uma posição mais alta. Conclusão? CTR mais elevado é igual a uma SEO melhor.

Tudo gira em torno de qualidade e relevância. Os mecanismos de busca estudam o engajamento para determinar quais páginas são mais adequadas para os termos pesquisados. Então, faça do seu site a “festa na qual todo mundo quer ir”‘, e melhore o seu CTR para impulsionar a sua SEO.

Uma redação melhor pode contribuir muito para aumentar seu CTR

A menos que seja um dos 50% (!) dos cliques que são acidentais, uma pessoa clica no seu anúncio porque o acha atraente ou interessante. Anúncios com um CTR elevado conseguem “conversar” com o público-alvo. Por outro lado, se o seu anúncio tem um CTR baixo, você talvez consiga aumentá-lo se trabalhar na redação do anúncio, na mensagem ou design, para torná-lo mais atraente para o seu público. Dê uma olhada nos seus anúncios de maior performance. Que palavras ou expressões você usa? Como soa a frase de chamariz?

O que se destaca no design? Tente replicar as coisas que fazem os seus anúncios funcionarem, de modo que possa obter resultados ainda melhores.

As palavras-chave contam – muito

Não é apenas a redação que tem que ser convincente. Você deve trabalhar nas palavras-chave também. E o segredo é ser específico. Aqui vai um exemplo: suponha que você é um padeiro e o seu público-alvo são pessoas em busca de catering de pães de queijo para eventos. A palavra-chave “pão de queijo” é muito ampla, mas se você a restringir para “catering de pão de queijo mineiro”, chegará a um público-alvo muito mais segmentado. Ao escolher uma palavra-chave focada, você pode estar sacrificando o número de impressões e cliques, mas provavelmente conseguirá um CTR mais elevado. Isso ocorre porque o seu anúncio estará atraindo tráfego mais qualificado, para começar. Em suma, não vá além da conta nas palavras-chave – é muito mais inteligente, do ponto de vista do CTR, concentrar-se em uma única palavra-chave forte e principal, ou em uma palavra-chave long tail.

Testar é o caminho para o sucesso

Como os especialistas em PPC internos da Outbrain apontaram anteriormente, o PPC envolve testar o que dá certo e o que não dá. É muito importante usar o teste A/B nos seus anúncios para poder descobrir como aumentar o seu CTR.

Confira esta ótima lista para ter algumas ideias sobre como você pode testar e turbinar seus anúncios. Pode ser algo aparentemente insignificante, como o ajuste da pontuação, o uso de números em vez de palavras, ou a maneira como você formulou o seu call-to-action. Ou talvez você precise de uma imagem mais comovente. Seja o que for, assim que os resultados do seu teste forem conclusivos, implemente as alterações necessárias nos seus anúncios. Em seguida, inicie o ciclo de publicá-los e testá-los novamente. Com um pouco de esforço e muita perseverança, você pode otimizar suas campanhas e fazer seu CTR deslanchar.

Mas, antes de nos despedirmos, gostaríamos de apresentar uma última dica de bônus sobre como aumentar seu CTR, do nosso próprio Nir Elharar, Diretor de Aquisições On-line na Outbrain:

Conheça seu público

“Se você quer melhorar seu CTR, comece realmente entendendo o seu público. Entre na cabeça deles. Pense em como eles descreveriam o serviço ou produto que estão procurando. Aprenda a língua deles e use os mesmos jargões.

Descarte as coisas que podem parecer importantes para você, mas que simplesmente não são para eles. Não é tão fácil quanto parece! Envolve uma compreensão profunda dos seus negócios, além de cálculos e análises complexos – mas, o mais importante, significa efetivamente conversar com seus clientes. Cada interação que você tem com seus clientes é uma oportunidade para descobrir mais sobre eles. Não deixe de explorar essas informações essenciais! Conheça como realmente é o perfil do seu cliente ideal e certifique-se de estar aproveitando isso em todas as oportunidades.”

Fernanda Negrini

Fernanda Negrini

Fernanda Negrini, gerente de marketing da Outbrain no Brasil

Add A Comment

* Your email address will not be published. All fields are required.