Confira 9 Táticas Para Promover Seu Canal No YouTube

Fernanda Negrini
Fernanda Negrini
|  

Promover Seu Canal No YouTube

  1. Crie miniaturas dos vídeos que atraiam os espectadores;
  2. Dê títulos irresistíveis aos seus vídeos;
  3. Use palavras-chave de busca que mostrem principalmente resultados do Google com vídeos;
  4. Inclua calls-to-action (CTAs);
  5. Permita que as pessoas incorporem os seus vídeos;
  6. Faça promoções cruzadas do seu canal no YouTube como um profissional;
  7. Crie listas de reprodução;
  8. A consistência compensa: produza uma série regular de vídeos;
  9. Envolva-se com os espectadores através de concursos, vídeos de resposta e colaborações.

Vamos examinar em mais detalhes as 9 práticas recomendadas e como elas podem ajudar você a conquistar mais inscritos no YouTube:

1. Crie miniaturas personalizadas incríveis

Em um mundo com sobrecarga de informações, parece que nós, seres humanos, desenvolvemos a capacidade de assimilar mensagens de marketing muito rápido.

Essa pode ser uma das razões pelas quais anúncios em vídeo de formato curto estão na moda. Também é a razão pela qual você precisa prender a atenção dos seus espectadores – depressa – para que ao menos eles cliquem no seu vídeo.

Como você pode fazer isso?

Com a miniatura do vídeo. Além do título do seu vídeo, a imagem utilizada como miniatura é fundamental para atrair o clique. Não perca essa oportunidade essencial: crie uma miniatura que reforce a ideia central do seu vídeo. Confira este exemplo da VICE.

A maneira como eles otimizaram a miniatura levou a uma promoção na página inicial do YouTube, e um de seus vídeos mais populares até hoje:

Vice Youtube

Além de aparecer nos resultados de busca do YouTube, sua miniatura personalizada também será usada como prévia quando alguém incorporar seu vídeo em um site. Portanto, é importante ter algumas regras em mente. Estas são as recomendações da Google para as miniaturas:

  • Resolução de 1280 X 720 (largura mínima de 640 pixels);
  • Usar imagens em formatos como .JPG, .GIF, .BMP ou .PNG;
  • Não ultrapassar o tamanho de 2 MB;
  • Tentar usar uma proporção de 16:9.

Você pode enviar uma miniatura personalizada logo depois que enviar um vídeo, bastando escolher a opção de miniatura personalizada. Para adicionar uma a um vídeo já existente, vá para o seu Gerenciador de vídeos, clique em Editar ao lado do vídeo com o qual deseja trabalhar e, em seguida, clique em Miniatura personalizada.

2. Dê um título espetacular ao seu vídeo

Quando espectadores em potencial estão vasculhando o YouTube, o título do seu vídeo é o maior responsável por conquistar a atenção deles. Contudo, criar títulos atraentes não é tão simples como pode parecer. Em primeiro lugar, crie um título descritivo, mas curto o suficiente para que não seja cortado quando for exibido. Faça com que seja interessante e empolgante, mas não recorra a títulos que pareçam isca de cliques. E não se esqueça de incluir palavras-chave para buscas, de preferência na primeira metade do título.

3. Aplique engenharia reversa nas SERPs do Google

Há várias técnicas de otimização para melhorar seu posicionamento nas buscas do YouTube. Mas se você realmente quer ter um impacto duradouro no seu ranking de busca, aplique engenharia reversa nas páginas de resultados de busca do Google (SERPs) para descobrir as palavras-chave ideais para o seu vídeo.

Algumas pesquisas de palavra-chave do Google quase sempre apresentam resultados com vídeos. Se você puder encontrar as palavras-chave que trazem o maior número de resultados com vídeos, poderá usá-las para melhorar o posicionamento de busca do seu vídeo.

Por exemplo, digamos que você faça uma busca no Google por “passos de dança legais”. Faz sentido que o Google apresente uma página de resultados repleta de vídeos. Afinal, quem é que gostaria de ler um artigo sobre passos de dança legais?

Confira uma captura de tela como exemplo:

passos de danca legais

Se sua busca do Google apresentar um monte de resultados com vídeos em vez de apenas links com textos na primeira página, então você vai saber que identificou uma ótima palavra-chave. Convém tentar pesquisas relacionadas, como “passos de dança incríveis” ou “técnicas de dança legais” para ver onde você pode receber resultados ainda mais relacionados ao seu vídeo – e potencialmente menos competitivos para se posicionar.

4. Use calls-to-action (CTAs) para engajar os espectadores

Seus vídeos no YouTube têm uma finalidade, seja promover sua marca ou levar o espectador a clicar no seu site. No entanto, se um espectador assiste ao seu vídeo e depois simplesmente vai embora, pode ser que não teve a oportunidade de fazer qualquer outra coisa para se engajar com seu canal. De acordo com o YouTube, há quatro tipos principais de ação do usuário: inscrever-se no canal, assistir a mais vídeos, curtir ou compartilhar um vídeo e deixar um comentário. O YouTube dá várias opções para incluir CTAs dentro de um vídeo para incentivar os espectadores a executar uma dessas ações:

  • Menções diretas do apresentador. Esse é um estilo de vídeo em que o apresentador fala diretamente para a câmera e diz às pessoas o que fazer em seguida. Neste exemplo de vídeo, aos 04min30s, é possível ver o apresentador dizendo ao público: “Avise-nos nos comentários abaixo”.
    youtube CTA
  • Cartões finais. Um cartão final funciona de forma semelhante a um cartão, com a diferença que aparece no final de um vídeo e ocupa toda a tela. Por exemplo, na captura de tela abaixo, é possível ver o cartão final do College Humor com um botão grande de inscrição. Esse botão pode ser clicado, facilitando para o espectador – e aumentando a CTR.
  • Descrições do vídeo. As descrições do vídeo são importantes. Coloque um link para o seu site ou suas contas sociais na sua descrição e convide as pessoas a clicarem! Abaixo há um exemplo de uma seção de descrição bastante minuciosa do ThinkTank:

description

5. Permita (e incentive) que as pessoas incorporem seus vídeos

Quando enviar vídeos para o seu canal, você terá a opção de permitir a incorporação. Isso significa que as pessoas poderão republicar seu vídeo no site, blog ou canal delas, o que ajudará você a ganhar ainda mais visibilidade. Mas evidentemente você vai querer todo o crédito pelo seu vídeo!

Não deixe de especificar que os publishers deem crédito ao seu vídeo toda vez que ele for usado.

Para ativar a funcionalidade de incorporação, vá para o Gerenciador de vídeos, clique em Editar sob o vídeo que deseja editar, depois vá para Configurações Avançadas e verifique se a opção “Permitir incorporação” está selecionada. Confira uma captura de tela:

Depois que você permitir a incorporação, será muito fácil para os outros republicarem o seu vídeo. Tudo o que eles precisam fazer é clicar no botão Compartilhar em seu vídeo e, em seguida, copiar e colar o link em seus respectivos sites.

Quanto mais seu vídeo for compartilhado, melhor!

6. Faça promoções cruzadas do seu canal no YouTube em todos os lugares

Isso pode não parecer muito avançado, mas você ficaria surpreso com quantas pessoas se esquecem do poder de outras mídias próprias para anunciar o canal no YouTube. Mantenha uma consistência na maneira como você incorpora vídeos em sua newsletter por e-mail, seu blog, assinatura de e-mail e outras contas de mídia social. Encontre maneiras de tornar seus vídeos relevantes para todos os seus outros conteúdos e aproveitar esses espectadores.

7. Conheça o poder das listas de reprodução

Há muitas razões para agrupar os seus vídeos em playlists: fica mais fácil para as pessoas encontrarem os seus vídeos; elas podem ajudar a impulsionar seu posicionamento de busca; e, o mais importante, o próximo vídeo na lista é executado automaticamente quando o vídeo anterior termina.

É um clique a menos que o usuário tem que dar para assistir a mais vídeos seus. Experimente incluir na playlist alguns vídeos que você não produziu, mas que são muito populares…

Dessa forma, você pode conquistar espectadores que estejam buscando vídeos relevantes, e que talvez decidam continuar no seu canal para assistir ao seu conteúdo, também. As listas de reprodução também oferecem mais oportunidades para associar seus vídeos a palavras-chave.

A descrição da lista pode incluir novas palavras-chave e abrir novas oportunidades de busca.

8. Crie uma série de vídeos semanal

Uma série de vídeos regular dá aos espectadores em potencial a razão perfeita para se inscreverem no seu canal no YouTube. Se souberem o que esperar, como um vídeo sobre um determinado assunto, apresentado pela mesma pessoa toda sexta-feira, serão mais propensos a se inscrever.

Provavelmente, um dos melhores exemplos disso é a série de vídeos Whiteboard Friday, do Moz. Eles incentivam os profissionais do marketing na internet a continuar voltando.

E como os vídeos são publicados tão regularmente, estão todos localizados em um só lugar na página do canal deles, de forma organizada e acessível:

9. Crie engajamento com todos que puder

O engajamento é recíproco: se você quer que as pessoas fiquem engajadas com você, você tem que se engajar com elas. Para tanto, você pode responder a comentários, inscrever-se nos canais de outros usuários, criar vídeos de resposta, fazer concursos para os espectadores, colaborar com outras marcas e qualquer outra coisa que puder imaginar. O YouTube é, em muitos aspectos, uma comunidade de mídia social, e, como acontece com qualquer mídia social, o seu engajamento precisa ser em tempo real, relevante e genuíno. Engajar-se diretamente com espectadores através de concursos e respostas vai fazer as pessoas voltarem e vai fidelizar os espectadores. Engajar-se e colaborar com outras marcas vai divulgar os seus vídeos para um público totalmente novo. Quanto mais você entender o YouTube como um portal de engajamento de mão dupla, mais sucesso você terá no longo prazo. Não fale “para” as pessoas, fale “com” as pessoas.

Uma rápida recapitulação

Há muito material para digerir aqui, por isso fizemos uma rápida recapitulação para você:

  1. Crie miniaturas de vídeos que atraiam os espectadores;
  2. Dê títulos irresistíveis aos seus vídeos;
  3. Use palavras-chave de busca que mostrem principalmente resultados do Google com vídeos;
  4. Inclua calls-to-action (CTAs);
  5. Permita que as pessoas incorporem os seus vídeos;
  6. Faça promoções cruzadas do seu canal no YouTube como um profissional;
  7. Crie listas de reprodução;
  8. A consistência compensa: crie uma série de vídeos regular;
  9. Envolva-se com os espectadores através de concursos, vídeos de resposta e colaborações.

Espero que essas dicas ajudem a promover seus vídeos ou deem o impulso necessário para continuar aumentando seu número de inscritos.

Uma última dica: se você for um dos milhares de profissionais de marketing, blogueiros ou marcas em todo o mundo que usam um canal no YouTube para promover seu produto ou negócio, há outra poderosa ferramenta de publicidade em vídeo que você pode usar.

Estou me referindo ao Outbrain Amplify, a ferramenta de amplificação de conteúdo que está gerando descobertas de vídeos. Com o Amplify, seus vídeos são recomendados em sites de publishers de renome, como a CNN, ESPN, Slate, VentureBeat e milhares de outros.

Confira este estudo de caso para ver como a VISA usou conteúdo de vídeo no Youtube e o Outbrain Amplify para influenciar responsáveis por decisões em todo o mundo.

Qual tática de marketing de conteúdo você está usando para promover o seu canal no YouTube e aumentar sua base de inscritos no YouTube?

Eu adoraria saber o que está funcionando e o que não está!

Fernanda Negrini

Fernanda Negrini

Fernanda Negrini, gerente de marketing da Outbrain no Brasil

Add A Comment

* Your email address will not be published. All fields are required.