Marketing de Conteúdo

O que é Marketing de Conteúdo

O Marketing de Conteúdo pode ser defiinido como a criação e distribuição de conteúdo de alta qualidade com objetivo de atrair e engajar a audiência. Assim como outras formas tradicionais de marketing, o content marketing é normalmente utilizado para impulsionar a aquisição de clientes, gerar envolvimento mais profundo com a base de consumidores e trabalhar o reconhecimento da marca.

Sua difusão aconteceu majoritariamente nas últimas duas décadas, à medida que a audiência migrou para novas mídias, consumindo conteúdo de forma completamente nova. Isso fez com que grandes e pequenas marcas desenvolvessem estratégias abrangentes de conteúdo com orçamento dedicado a esta nova ferramenta.

Inicialmente pensado como algo à parte da publicidade tradicional, o marketing de conteúdo é a comunicação com os clientes de uma forma que agrega valor, sem a abordagem de vendas. O conteúdo em si tem a propriedade de oferecer contextualização relevante sobre um produto ou serviço, fornecendo informações sob a forma de entretenimento, educação, conexão emocional ou valor prático.

Porque Marketing de Conteúdo

O relatório "Confiança global em publicidade", realizado pela Nielsen, descobriu que, em todo o mundo, as pessoas médias tendem a confiar (ou gostar) menos dos anúncios de texto, especificamente no celular, onde 65% da mídia digital é consumida.

Na lista de dos formatos com maior confiança, o conteúdo editorial ultrapassou os anúncios na TV, rádio e outdoors, bem como as peças em jornais e revistas.

História do Marketing de Conteúdo

O Marketing de Conteúdo não é algo novo - os profissionais de empresas B2B utilizaram essa técnica por anos através de recursos como white papers e relatórios para atrair um público alvo. Com o crescimento do digital, os profissionais de marketing então notaram o seu potencial. Inicialmente foi considerado uma tática atraente de direcionamento de tráfego.

Agora, os adeptos tem aproveitado com êxito seu poder como um método avançado para capturar a atenção de um cliente potencial, trabalhando seu envolvimento em todas as etapas do funil, a fim de estabelecer uma conversa mais confiável e significativa.

Quais são os tipos mais comuns de conteúdo?

Os formatos mais comuns utilizados em uma estratégia de marketing de conteúdo incluem:

Posts em Blogs
ou Artigos

White Papers, eBooks,
e Relatórios

Pdcasts

Newsletter ou
Boletins Informativos

Videos

Opinião da Liderança
ou POVs

Infográficos

Guias e
Tutoriais

Posts em redes
sociais

Estudos de Caso e
Perfil de Clientes

Canais de distribuição de conteúdo

Uma boa forma de entender uma estratégia baseada em marketing de conteúdo é olhar para o modelo pago, proprietário, conquistado e compartilhado.

Se você investe na promoção de conteúdo pago através de plataformas como o Outbrain (nós o/), se alavanca a divulgação de resenhas positivas efetuadas por terceiros, se exibe conteúdo organicamente através de posts compartilhados em mídias sociais ou se publica artigos em canais proprietários como o seu site, então você já conhece todos os tipos de marketing de conteúdo que podem ser classificados de acordo com as categorias descritas anteriormente.

Hum... mas não é tão simples assim.

Conteúdo conquistado, proprietário ou social também podem ser conteúdos pagos ao mesmo tempo.

Conquistado

O ciclo de notícias nunca pára e a cobertura da mídia sempre faz muito barulho. Como você pode se certificar que sua cobertura de imprensa ou menção na mídia tenham mais visibilidade?

Proprietário

Leva tempo para crescer seu mailing e construir relevância por meio de SEO. Enquanto isso, como você pode obter tráfego para o post do blog que você acabou de publicar ou o conteúdo do site que você acabou de relançar?

Compartilhado

As redes sociais têm diminuído significativamente o alcance de suas postagens para seus próprios seguidores e amigos. Como você obtém então mais visualizações no vídeo do Youtube que você acabou de carregar?

O que torna um conteúdo eficaz?

Para ter sucesso ao fazer marketing de conteúdo, cada peça que constitui a sua estratégia deve conter ao menos uma das características citadas abaixo:

Moeda Social

A proporção das pessoas que compartilham conteúdo relacionado com a marca - ou alguma informação referente a ela - no seu dia a dia, seja no trabalho, no trânsito ou em casa.

Conexão Emocional

O influência que o conteúdo gera ao despertar emoção em uma pessoa podendo afetar suas decisões, as impulsionar à tomada de ação, interferir em suas opiniões ou desenvolver uma relação de forte lealdade com a marca

Valor Prático

A proporção do conteúdo que pode ser imediatamente e facilmente aplicado, sem que as pessoas tenham que dedicar muito esforço ou dinheiro a fim de colher os benefícios.

Contar uma histórica única

O grau em que a jornada de consumo de conteúdo feita por um membro da sua audiência é formada por experiências e valores exclusivo da sua marca.

Artigos Relacionados

Para obter informações detalhadas sobre cada uma das áreas acima, visite os seguintes artigos:

4 maneiras simples de entender e praticar o marketing de conteúdo

Clique para ler o artigo completo

Funil completo - Marketing de Conteúdo

Clique para ler o artigo completo

Desenvolvendo uma estratégia coerente de marketing de conteúdo

Clique para ler o artigo completo

Como ajustar a sua estratégia de conteúdo usando dados

Clique para ler o artigo completo